Queda Livre - Black Mirror

por psicóloga Lucineide Maria Rocha - CRP 06/128343


Já pensou viver em um mundo em que a sua vida girasse em função de uma nota de aplicativo? Se bem que talvez não demore muito né, já temos o aplicativo do Uber no qual os clientes que tem melhores notas recebem os melhores carros, promoções exclusivas do App.


Falar sobre essa série Black Mirror é sensacional primeiro porque não tem conexão dos episódios então você pode assistir somente aqueles que te chamam mais atenção, mas são todos fantásticos e não tem como assistir apenas um, em sua maioria retratam um pouco sobre as diversidades da tecnologia incluído redes sociais.


Vou falar do episódio “QUEDA LIVRE” 3° temporada, esse episódio nos lembra um pouco o que vivemos hoje com as redes sociais, o quanto as vezes ela nos tira do mundo real.


Vejamos por exemplo, quando você conhece alguém hoje a primeira coisa que você troca com essa pessoa é whtasapp quase ninguém fica sem rede, ela é uma das mais importantes da atualidade tanto no meio pessoal quanto profissional. O telefone celular hoje já substitui o telefone fixo, cartas, televisão entre outros. As pessoas fazem tudo online e qualquer dia e horário.


Podemos associar um pouco o episódio com a vida no Instagram onde as pessoas postam fotos lindas e maravilhosas, suas viagens perfeitas, festas de casamentos incríveis, shows de seus famosos preferidos. Lacie aa personagem principal nos apresenta um mundo perfeito onde tudo são flores igual as redes sociais, mas esconde um rosto amargo e desiludido. Nesse mundo as pessoas são julgadas pela sua popularidade no aplicativo que eu comparo ao INSTAGRAM, no mundo dos blogueiros as pessoas são vistas pelo total de seguidores. Quantos K você tem? No episódio é qual nota você tem?


Em nossa vida real de Instagram fotos de vida perfeita são postas, uns curtem e comentam, até certo tempo era possível ver o total de likes que uma pessoa recebia em uma postagem, nesse momento que escrevo foi retirado mas isso pode mudar. No episódio a pessoa recebe notas que pode ser 0 a menor e 5 a mais alta, e claro que todo mundo quer ter a nota máxima porque toda sua vida gira em função dessas melhores notas, quanto melhor a nota mais benefício se pode ter.


O aplicativo usados o Start classifica as pessoas um pouco parecido com o face book e Instagram a diferença é que esses aplicativos ainda não determinam a vida real.


Como seria a sua popularidade hoje se fosse se basear no número de seguidores que você tem, no número de curtidas e comentários que aparecem nas suas postagens.


Lacie apesar de não fazer parte da Elite se comporta como se fosse é viciada na rede e tenta chamar a tenção de uma amiga de infância que está prestes a casar e tem uma vida perfeita.


A possibilidade de ter uma classificação ruim pode ser devastadora e todos se comportam fingindo ser gentis e perfeitos.


Esse episódio nos remete um pouco das nossas redes socais para o mundo real, quando queremos conhecer algum lugar, qual a primeira coisa que fazemos? Procuramos no Instagram, lá tem localização, fotos do local e de alguns frequentadores.


As pessoas estão adoecendo por conta desse mundo de fantasia publicado nas redes sociais, mas é preciso sabermos avaliar o que é real e o que fantasia, precisamos manter as amizades, os encontros presenciais a sinceridade.


A obsessão de Lacie pela festa de casamento da amiga faz com que ela se perca a cabeça e mostre quem ela é realmente, se sente livre ao perceber que não tem mais o celular e não precisa fingir ser quem é, parece como se ela vivesse em uma prisão e de repente foi libertada.


A busca incessante por likes ou seguidores pode fazer a pessoa se perder deixar de viver sua realidade.


Lucineide Maria Rocha é psicóloga Comportamental, CRP 06/128343 com Formação em Terapia por Contingência de Reforçamento (ITCR-Campinas). Atende Adolescentes e Adultos presencial em Campinas-SP/ Online para qualquer lugar do mundo. Uma das Idealizadoras do Projeto Escuta na Lagoa. Seus interesses estão voltados para relacionamentos, autoestima com foco em transtornos de ansiedade. Sua paixão é ajudar pessoas a viver em equilíbrio com a ansiedade.

0 visualização

Blog escrito por psicólogas e psicólogos de todo Brasil.

O conteúdo apresentado nos textos, assim como opiniões e interpretações sobre as séries, são exclusivas de seus autores. Não representam o entendimento de todos os profissionais.

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram