Leituras mentais em Modern Family – Mitchell e Cameron (T1E20)

por Samantha Alves (CRP 04/54059)


A série Modern Family traz os relacionamentos familiares como tema principal. Como subtema, aborda também a relação conjugal através de três distintas famílias: cada uma com suas particularidades. Uma dessas famílias é composta pelo casal Mitchell e Cameron, que adotaram a pequena Lily, um bebê vietnamita. Mitchell e Cameron apresentam padrões de comportamento muito comuns entre os casais da vida real. Um desses padrões está relacionado à forma como se comunicam e isso é demonstrado em várias situações, inclusive no episódio 20 da temporada 1. Mitchell é advogado e ficou desempregado após pedir demissão num emprego que o deixava muito tempo longe do esposo e da filha. Para manter o orçamento financeiro doméstico Cameron começa a trabalhar numa loja de cartões, enquanto Mitchell fica em casa cuidando de Lily e dos afazeres domésticos: eles invertem os seus papéis familiares exercidos por eles até então.

No episódio em questão, Mitchell tem a oportunidade de sondar uma possibilidade de trabalho promissora e de acordo com os seus ideais profissionais. Ele ama sua família, mas se sente realizado saindo de casa todos os dias para trabalhar. Cameron por sua vez, sente prazer em ter Mitchell em casa e descreve vantagens em trabalhar na loja de cartões. Mas sofre por passar muito tempo longe de Lily e da rotina doméstica. É a receita para a perfeição, certo? Um quer trabalhar fora enquanto o outro quer cuidar da casa e da filha. Daria tudo certo se não fosse por uma questão importante: um não comunicou suas preferências para o outro. A preocupação que um tem com o bem estar do outro é significativa, o que faz com que aceitem sua realidade atual por acreditarem na falsa ideia de que o outro está feliz. Com o fundo de comédia que a série tem, essa comunicação mal estabelecida faz com que eles vivenciem algumas situações constrangedoras até Mitchell quase perder a oportunidade de emprego e os dois decidirem revelar como realmente se sentem.

Percebe-se um padrão de comportamento do casal baseado em leituras mentais. Um acreditava saber realmente o que o outro estava pensando e sentindo sem checar se sua crença condizia com a realidade. Se comportavam a partir dessa crença e esse comportamento pode gerar conflitos não saudáveis nas relações. Mesmo que o casal tenha muitos anos de relacionamento e já conheça a personalidade um do outro, a única forma de ter certeza do que o outro pensa e sente é perguntando! Ainda que um demonstre vários sinais de algum sentimento é importante confirmar para evitar mal entendidos.

É tentador alegar que Cameron e Mitchell não estavam se comunicando. Porém, comunicar é fazer ou transmitir uma mensagem para outra pessoa, ou seja, sempre há algum tipo de comunicação entre as pessoas. Até mesmo o silêncio transmite alguma mensagem, conforme descreve um dos axiomas da comunicação: tentar não comunicar algo também é comunicar. Jodorowsky disse que “entre o que eu penso e o que quero dizer, o que digo e o que você ouve, o que você quer ouvir e o que você acha que entendeu, há um abismo”. Constata-se com essa frase que é esperado que aconteçam comunicações mal estabelecidas entre as pessoas, já que as mensagens são transmitidas e recebidas de formas diferentes, de acordo com a subjetividade e vivências de cada um.

É possível observar também outro axioma da comunicação nesse padrão de comportamento do casal da série. Há dois tipos de comunicação: uma é digital (ela é verbal, é o que está sendo dito) e analógica (aquela que é não verbal, na qual se comunica sem dizer algo). No decorrer do episódio tanto Mitchell quanto Cameron demonstraram de forma não verbal a necessidade de mudar a rotina atual da família. Cameron expressa fisicamente uma frustração quando Glória menciona que Lily está se acostumando a passar menos tempo com ele e Mitchell se mostra empolgado com o contato estabelecido com o empresário que lhe oferece a vaga de emprego.

Se comunicar de forma saudável é um desafio para os casais. Mas é possível melhorar cada vez mais, desde que estejam dispostos a ouvir e a falar o que realmente sentem.


Samantha Alves é psicóloga e terapeuta de casal. Possui vivência em oficinas com grupos de adultos e de adolescentes. Atende crianças, adolescentes, adultos e casais. Realiza avaliações psicológicas. Também é graduada em Gestão Financeira e Técnico em Farmácia. Compartilha o seu conhecimento sobre relacionamentos amorosos no Instagram: @samantha.psi

Contatos: (31) 98543-5300 – samantha.psi@yahoo.com



15 visualizações

Posts recentes

Ver tudo