Rompimentos de laços, levando a sede de vingança.

por Andréia Dorneles Severo - CRP 07/30479


Quando criança, Sasuke era o filho mais novo e vivia sempre nas sombras de seu irmão mais velho, o irmão de Sasuke era reconhecido como um prodígio e visto como um gênio. O pai tinha um interesse em particular no irmão mais velho, por outro lado, era bastante ambivalente e cheio de pensamentos estranhamente conflitantes, reconhecendo Sasuke em alguns momentos. O pai não brincava com os filhos, deixando essa responsabilidade para o irmão mais velho. Sasuke não recebia qualquer reconhecimento de seu pai, que definia o sucesso dele, em comparação com o de seu irmão mais velho.

Sasuke ainda assim era uma criança gentil, dócil e amável com sua família e respeitoso com seu clã e professores. O mesmo tinha um orgulho muito grande de seu pai e irmão, tendo um forte desejo de imitá-los, desejando ter a aprovação e reconhecimento de seu pai. Isso mudou após toda a sua família ser morta pelo seu irmão, transformando Sasuke em um jovem frio, cínico e arrogante que se tornou um vingador auto-intitulado, dedicado a matar seu irmão.


Sasuke era um menino solitário, gastando mais tempo sozinho aperfeiçoando suas habilidades do que se socializando com os outros alunos, ignorando as várias garotas que eram atraídas por ele em favor da solidão, o mesmo mostrou grande indiferença para com os outros, sentindo que suas habilidades eram superiores com relação aos seus companheiros de equipe, vendo-os como nada mais do que um obstáculo para ele e seu próprio avanço. Sasuke então passou a se importar mais com a sua equipe e começou a vê-los como uma espécie de família, ficando disposto a arriscar sua vida para salvar as pessoas próximas a ele em várias ocasiões. O mesmo também tinha uma veia competitiva, por vezes, aceitando os desafios dos amigos apenas para mostrar que ele era o superior entre todos à sua volta. Sasuke tem complexo de superioridade e como um de inferioridade, mas ele não está disposto a reconhecer quando alguém é mais forte do que ele, mas fica obcecado quando ele acredita que eles são. Ao se relacionar com pessoas erradas, que o levariam a conseguir o seu poder para conseguir sua vingança.


Sasuke se tornou uma pessoa fria e calculista, completamente dedicado em seu único desejo de matar seu irmão, considerando que sua própria vida não importava para ele. Ao romper os laços que ele acreditava que o prendiam, o mesmo estava disposto a matar seu amigo, apenas para provar o quanto ele tinha mudado. O mesmo manteve seu hábito de subestimar os seus adversários, correndo para o combate sem uma compreensão clara das suas capacidades e sofrendo por isso, embora ele reconheça seus erros de vez em quando. Sasuke assumiu todo o ódio do seu passado.


Depois de descobrir a verdade sobre as ações de seu irmão, Sasuke jurou vingança, pois assim o mesmo iria purificar sua aldeia. Sasuke estava disposto a não matar aqueles não relacionados com sua vingança, mas ao longo do tempo como o seu ódio aumentou, tais convicções foram deixadas de lado, tornando-se cruel e implacável. Em sua sede de vingança, Sasuke se colocou muito acima de qualquer um ou qualquer coisa ao seu redor, abandonando sua equipe quando eles já não tinham mais utilidade para ele.


No entanto, depois de sua batalha final com seu amigo. Sasuke fica chocado ao ver o quão longe seu amigo iria por ele. Sasuke revela ao amigo que ele sempre teve ciúmes, pelo fato de que apesar de eles serem tão semelhantes, o amigo foi capaz de transformar a solidão que sentia em força, formando laços com outros enquanto ele rompeu seus laços, pensando que eles eram uma fraqueza.


Maldição de Ódio. Sasuke mudou drasticamente após esta batalha, mostrando um grande remorso por suas ações e chegando ao ponto de pedir desculpa por tudo que ele fez os amigos passarem. Na idade adulta, Sasuke amadureceu em muitos aspectos - tornando-se uma pessoa verdadeiramente calorosa e carinhosa para com sua esposa e filha, e também sendo mais educado e amigável para seus amigos e companheiros.


Andréia Dorneles Severo, Psicóloga formada pela PUCRS, Experiência em atendimentos a crianças, adolescentes e adultos, grupos terapêuticos, formação pessoal.



Cursos em Especialidades Médicas pelo HCPA, Competências Profissionais, Emocionais e Tecnológicas para Tempos de Mudanças pela PUCRS.

1 visualização

Posts recentes

Ver tudo